Agência Richards, desde 2004 respirando comunicação, inovação e criatividade. Saiba mais sobre nós!

busca-personagem

Mídias

A Agência Richards

banner
PreparAção

Atuando desde 2004 com pequenas, Médias e Grandes empresas, nós, da Agência Richards, respiramos comunicação, inovação e criatividade.

 

Hoje, com a reestruturação do mundo digital, onde a informação virou conhecimento, nossos projetos ganharam corpo e nossos clientes estão mais competitivos e mais satisfeitos. Em um ambiente agradável e interativo, a Agência Richards atua com ações e estratégias através de um ping-pong de atendimento que gera resultado e sucesso aos nossos clientes.

 

A cada dia, somos mais apaixonados pelo que fazemos. Temos orgulho de fazer parte da Agência Richards de Comunicação!  

 

 

Tudo Gira em torno da AÇÃO  

PreparAção

Diz respeito ao solo mental, que deve ser rico e profundo em conhecimento e experiências. O grupo será mais criativo que o indivíduo se o conhecimento das mentes envolvidas puder ser acessado, compartilhado, processado e sintetizado.

 

GerAção de opções

O ideal é que haja várias opções de solução, de modo que uma delas se revele realmente nova. As opções nascem do pensamento divergente e o processo não é eficiente nessa etapa. Mas, a partir daí, se converge para uma solução única e eficiente.

 

DeterminAção da opção

Tende a ser a parte mais complicada para o processo criativo, pois as mesmas pessoas que enriqueceram o ato de pensar de maneira divergente agora podem se mostrar um entrave, se tiverem de entrar em um acordo quanto a uma solução única.A alternativa selecionada deve ser avaliada e implementada, e cada uma das atividades em grupo pode estimular novas "oportunidades de inovação”.Com isso, pode vir a ser necessário voltar ao início do processo. Esse retorno pode ser provocado pelos testes de viabilidade financeira, estratégica e técnica, que serão muito importantes em estabelecer a disciplina, se não refletirem uma aversão ao risco.

 

Oportunidade de inovAção

É a ocasião para exercitar criatividade, a necessidade ou um problema a ser resolvido. Além disso, uma inovação, não raro, traz a necessidade de outra. Por exemplo, primeiro passo é panela e depois a tampa. Muitos grupos já nascem com o objetivo de inovar constantemente, isto é, com a ocasião definida, mas esse não é o caso da maioria.

 

IncubAção

É o tempo de que necessitamos para processar uma questão. Ainda que nossa atenção esteja voltada para qualquer tarefa do dia a dia, o subconsciente ativa e incumba o problema e as opções. Os grupos também testam opções mentalmente antes de partir para a ação.